Trauma

Pino Ósseo com Revestimento Estéril

Elemento de Fixação Óssea Estéril com Hidroxiapatita

Registro ANVISA: 80083650077

Descrição do Produto

Os modelos comerciais que compõem a família do Elemento de Fixação Óssea Estéril com Hidroxiapatita são definidos como dispositivos de fixação, classificados como produto médico implantável, invasivo cirurgicamente para uso em longo prazo. O Elemento de Fixação Óssea Estéril com Hidroxiapatita também é considerado como pino transcutâneo parcialmente rosqueado, denominado como elemento de ancoragem para o sistema de fixação externa, também conhecido como pino rosqueado, pino de Schanz, etc.

O mecanismo de ação do pino no osso é: estabilizar, restringir ou controlar o movimento dos fragmentos ósseos, auxiliar na redução de fraturas, corrigir ou controlar o alinhamento, promover estabilidade à região afetada, e proporcionar uma colocação segura em relação às estruturas adjacentes. O design e o uso desses dispositivos médicos de fixação óssea fundamentam-se no entendimento da consolidação óssea e das cargas e forças às quais o implante está sujeito. Durante o processo de inserção, os pinos são submetidos às forças de compressão axial, tração axial, torção e flexão pela resistência da montagem em torno de eixos paralelos aos pinos.

O Pino foi desenvolvido para suportar essas cargas e, portanto, auxilia na estabilidade estrutural e também na transmissão ou alívio de cargas mecânicas sobre os ossos afetados. A parte rosqueada do pino é implantada no osso do paciente, enquanto a parte lisa é fixada nos Fixadores Externos (componentes ancilares).

A parte rosqueada recebe um revestimento com Hidroxiapatita para aumentar a resistência à tração dos pinos, sendo extremamente útil, principalmente em situações de uso prolongado, como em correções de deformidades. A Hidroxiapatita proporciona uma maior osteointegração, consequentemente aumento da estabilidade global e diminuição da infecção no trajeto dos pinos. Pinos revestidos com Hidroxiapatita têm demonstrado menores taxas de afrouxamento, diminuição da taxas de infecção, e até mesmo uma menor incidência de deformidade secundária durante o alongamento.

Indicação

O Elemento de Fixação Óssea Estéril com Hidroxiapatita é indicado para o tratamento de fratura, estabilização, alongamento e transporte ósseo, e pode ser utilizado em ossos pequenos, médios e longos das extremidades do corpo humano.

Material

Aço Inoxidável F138 (ASTM F138) e Hidroxiapatita (NBR ISO 13779 Partes 2 e 3)

Voltar